Como Montar Um Blog?


Como Elaborar Um Look Sertanejo


Um bilhão) por ano. CBI (Congresso Brasileiro de Web), desempenhado em Brasília. O ministro citou que o governo brasileiro neste instante iniciou discussões com Departamento de Estado e o de Defesa dos EUA pra viabilizar a instalação no Brasil. De acordo com o ministro, a implantação de pontos de troca de web depende da aprovação da Icann (Web Corporation for Assigned Names and Numbers), entidade internacional causador da coordenação global do sistema. Embora seja uma organização não governamental, ela tem vínculo com o governo americano.


Bernardo ressaltou ainda que vê dificuldades de infraestrutura na internet. Antes do congresso, o ministro ressaltou que a expansão dos serviços de web tem feito com que os usuários sejam ainda mais detalhistas e que as operadoras devem investir em infraestrutura pra atender a essa procura. A aposta do governo, segundo ele, é que, em 2014, 70% dos domicílios brasileiros terão acesso à web.


  1. Onze de abril de 2017 - 21:43

  2. Resultados permanentes

  3. 31 - Prezi

  4. Google webmasters

  5. Lia Quinderé, da Sucré zoom_out_map

  6. Viver da internet

  7. Vá contra o senso comum



No decorrer do evento, bem como foi discutida a necessidade de se aprovar o marco civil da internet (espécie de "constituição" da rede, com direitos e deveres das empresas e usuários). A votação pela Câmara dos Deputados neste momento foi adiada ao menos por 10 vezes --6 delas só no ano passado. Rodrigo Flores, diretor de assunto do UOL.


Outros membros da mesa fizeram coro. Gil Torquato, diretor corporativo do UOL, ressaltou a importancia da regulação do setor, mas observou a indispensabilidade de se conservar o caráter democrático da rede. Nancy Andrighi, ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça), destacou que a regulação da internet implica em segurança jurídica.


O deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ), relator do projeto de lei do marco civil, fez duras opiniões à demora da Câmara dos Deputados para votar o conteúdo. Molon falou ainda que pretende conversar com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pra tentar conduzir o projeto à votação ainda no mês de abril.


A ausência de regulamentação nas transações bancárias feitas via smartphones e tablets bem como foi apontada como outro problema no setor. Segundo Stelleo Tolda, vice-presidente do Mercado Livre, 10% do tráfego do website vem de tecnologias móveis, entretanto as compras fechadas neste meio representam só 6% do seu faturamento. Em resposta, o ministro Paulo Bernardo declarou que a pasta trabalha, em conjunto com o Ministério da Fazenda, numa proposta para regulamentar as transações utilizando tecnologia móvel e que, nos próximos dias, terá de ser encaminhada ao Congresso Nacional.


Este é o segredo pra criar um relacionamento, montar fidelidade e proporcionar tua satisfação. Isso mesmo, o mercado tem até um nome para essa finalidade — comprador poligâmico. Ele troca de marca com a mesma facilidade com que muda suas roupas todos os dias, sem o pequeno receio ou sentimento de “traição”. Com exceção de alguns serviços como banco e corporações de telefonia (que exigem um grande nível de certeza), os clientes trocam de marca com muita facilidade. O varejo é o setor que mais sofre com essa infidelidade e necessita impedi-la.


Garantindo a plena euforia do comprador e transformando-o em um real fã da marca. Isso se faz com uma experiência impecável e o desenvolvimento de um relacionamento com seus freguêses. Então, não há outro meio de atrair, conquistar e fidelizar o comprador 3.0 a não ser integrando canais e oferecendo o real atendimento omnichannel.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *